“Quando o homem aprender a respeitar até o menor ser da criação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar seu semelhante.” Albert Schwweitzer (nobel da Paz – 1952)

Visitantes

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Policia Militar Ambiental faz apreensões de caça ilegal e armas em Monte Castelo

Na tarde do último domingo(13) uma Guarnição da PM Ambiental de Canoinhas quando realizava policiamento ostensivo/preventivo rural no distrito de Residência Fuck, interior do municipio de Monte Castelo-SC, avistou dois suspeitos, sendo que foi constatado através da abordagem policial que ambos os masculinos estavam praticando a caça ilegal de animais silvestres.

Foto: Polícia Ambiental 

A guarnição da Policia Militar Ambiental identificou os masculinos sendo um de 19 anos e outro de 30 anos, ambos moradores da localidade de Residencia Fuck, interior do municipio de Monte Castelo-SC, sendo encontrado com os mesmos:
- 02(duas) espingardas calibre 28 cada um portando a sua;
- 30 (trinta) cartuchos intactos e  06 (seis) munições deflagradas, duas lanternas, dois facões;
- (01) um animal silvestre conhecido popularmente como “cotia” que estava abatido e limpo;

- 06 (seis) cães utilizados para caça
 

Foto: Polícia Ambiental

Diante dos fatos foi efetuada a prisão em flagrante dos  dois elementos por porte ilegal de arma de fogo e por caça de espécime silvestre sendo ambos conduzidos juntamente com as armas e demais materiais apreendidos a Delegacia de Polícia Civil de Papanduva/SC.
            Com relação ao animal abatido, este foi apreendido cujo qual será encaminhado para análise e confecção de laudo pericial para a correta identificação da espécie.
            Será expedida a respectiva autuação pela prática de infração administrativa ambiental e confeccionado o procedimento criminal, o qual será encaminhado ao Ministério Público Estadual.

Ressalta-se, por fim, que a prática de caça, de comercio, de aquisição, de depósito, de transporte, dentre outras, de animal silvestre é tipificado como crime ambiental, com previsão de pena de detenção de seis meses a um ano, e multa. Além disso, este mesmo fato, na esfera administrativa, possui previsão de aplicação de multa no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais) por indivíduo, podendo chegar a R$ 5.000,00 (cinco mil reais) por indivíduo, caso tratar-se de espécie ameaçado de extinção. É bom lembrar ainda que, este valor de multa será aplicado em dobro se a infração for praticada com finalidade de obter vantagem pecuniária.         




6ª Companhia de Polícia Militar Ambiental de Canoinhas
Com informações: Soldado Walter
Fone: 47 3627- 4141

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Infrações administrativas ambientais geradas pela PM Ambiental na área da 6ª Cia / BPMA


Segue mapa de infrações administrativas ambientais geradas pela PM Ambiental na área da 6ª Cia / BPMA, conforme imagem gerada no Sistema GAIA - Gerenciamento e Acompanhamento de Infrações Ambientais, de 2011 a 2014.
A que se ressaltar que as principais infrações atendidas tem relação com a Flora, Poluição e Fauna.




quarta-feira, 2 de julho de 2014

Link da PM Ambiental no site PMSC

Acompanhe no link abaixo todas as informações da Polícia Militar Ambiental no Estado.

http://www.pm.sc.gov.br/ambiental/

segunda-feira, 30 de junho de 2014

CAPTURA DE ANIMAL SILVESTRE




No perido noturno do dia 29 de junho do corrente ano, por volta das 21:00 a guarnição da 6º Cia/BPMA composta pelo Sd Mayer e pelo Sd Claudio foi acionada pelo COPOM do 3º BPM, para capturar uma suposta cobra que estava na empresa FUCK,  situada na Avenida dos Expedicionarios, no Bairro Campo da Agua Verde.
No local foi conversado com o senhor Odair, operador de caldeirada da referida empresa, sendo que o mesmo estava nervoso e relatou que estava abastecendo a caldeira quando percebeu que entre as pilhas de madeira alguma coisa se movimentou e parecia uma grande cobra.
Diante dos fatos relatados pelo senhor Odair, foi efetuado uma busca entre as pilhas de madeira e realmente foi constatado que havia uma cobra no local, e que a mesma era de grande porte e se encontrava muito agressiva.
Com o intuito de resguardar a integridade física do operadar de caldeira no desempenho de suas atividades e da popria cobra e por se tratar de um animal silvestre, depois de muito trabalho o Sd Mayer conseguiu capturar a Cobra com o auxilio de um gancho herpetologico, sendo que posteriormente a mesma foi manejada e colocada em  uma caixa de armazenamento para ser levada até a sede da 6º Cia/BPMA, para posterior soltura em local adequado. As fotos seguem abaixo. 
A que se ressaltar que após a enchente é conveniente a população ficar atenta a possibilidade da presença de animais diversos nas residências, e o devido cuidado com os animais peçonhentos é importante para evitar acidentes e vítimas.
No caso do aparecimento de animais peçonhentos como o desse caso, pedimos que a comunidade acione a Polícia Militar Ambiental, para que faça a captura com materiais adequados ao caso.